Smartphone e 3G impulsionam banda larga

Os acessos de banda larga móvel (incluindo celulares e modems) chegaram a 13,9 milhões no segundo trimestre deste ano, num crescimento de 17%. Na comparação, os acessos fixos, de 12,2 milhões, tiveram aumento de apenas 3%. A base de comparação é do primeiro trimestre deste ano, período em que, pela primeira vez, os acessos de banda larga móvel ultrapassaram os fixos. Os dados são do Balanço Huawei da Banda Larga Móvel, elaborados pela consultoria Teleco, e divulgados nesta terça-feira, 24.

Com base nesses números, a Huawei e a Teleco revisaram as estimativas para este ano e projetam 18 milhões de acessos de banda larga móvel e 13 milhões de conexões fixas até dezembro. Um dos impulsos para o crescimento do parque de acesso em alta velocidade pelo celular é a conversão da base de aparelhos: os modelos 3G, em geral smartphones, têm substituído os terminais 2G e 2,5G. No período, foram vendidos 1,710 milhão de aparelhos e quase 300 mil modems. Outra razão para o crescimento é a conversão da base de celulares para as redes 3G: a participação de aparelhos 3G passou de 6,6% de market share no primeiro trimestre deste ano para 7,5%. Embora ainda esteja abaixo da média mundial – 13,7% dos celulares no mundo são 3G -, a migração de redes GSM para 3G tem se mantido firme trimestre a trimestre.

Ainda assim, a densidade (acessos por 100 habitantes) continua abaixo da média mundial no Brasil e perde, inclusive, para os vizinhos. No mundo, a média da densidade móvel é de 9,5% (7,1% nos acessos fixos). Na Argentina, é de 2,1% na banda larga móvel (10% na fixa); no Chile, 2,5% na móvel (9,8% na fixa); e no México, de 0,5% na móvel (9,2% na fixa). No Brasil, a densidade está em 3,6% na banda larga móvel e em 6% nos acessos fixos.

O resultado desse crescimento reflete-se diretamente no faturamento das operadoras. As receitas geradas por dados já representam 16,3% do total, com crescimento de 10% no trimestre e de 37% no ano. A banda larga móvel, segundo o relatório da Huawei/Teleco é um dos serviços que apresenta o maior crescimento no Brasil: em 2009, registrou expansão de 227% e, apenas no primeiro semestre deste ano, cresceu 99%.

Você pode se interressar por

New York Times: maior no Twitter do que no papelTanda Interativa
Empório das Tortas aposta alto e lança seu novo portalTanda Interativa
Imovem aposta em novo siteTanda Interativa
whatsapp
Ligue para Tanda Interativa
Entre em contato
Voltar ao Topo