Como fazer o meu site aparecer no Google de forma orgânica?


A empresa que possui o site bem posicionado na primeira página da busca orgânica do Google, tem uma maior exposição do seu negócio aos usuários do buscador—e maiores chances de interessados em seus produtos, ou serviços.  Entre os empresários, uma dúvida muito recorrente é: como fazer o meu site aparecer no Google de forma orgânica?

Melhorar o posicionamento de um site no Google, é um processo que requer técnica e construção de bons conteúdos. Vale lembrar que, o algoritmo do Google apresenta os resultados, para os usuários, de acordo com a escala de relevância.

Ou seja, o conteúdo de um site precisa ser relevante para que o Google o identifique como um artigo que contém informações de valor, e o mostre nas primeiras posições.

Mas para que isso aconteça, é preciso seguir algumas boas práticas de otimização de conteúdo para SEO.

O SEO (search engine optimization ou otimização para mecanismo de busca, em português) é um conjunto de técnicas, com o objetivo de fazer com que um site apareça nas primeiras posições nos resultados de busca do Google.

Se você tem interesse em entender, um pouco mais, sobre essa prática de otimização, continue na leitura desse artigo e aprenda como melhorar o posicionamento do seu site de forma orgânica. Confira!

 

1 – Faça uso de boas palavras-chave

Para que o Google compreenda o interesse do usuário dentro do buscador, ele analisa a palavra-chave inserida e apresenta os conteúdos mais apropriados para aquela pesquisa.

Então, é fundamental pensar estrategicamente ao inserir palavras-chave na construção de um artigo. Além disso, a persona (personagem semi fictício de modelo de um cliente real) deve já estar bem estruturada, de forma que a produção de conteúdo seja voltada aos interesses desse perfil de cliente.

Atente-se às palavras-chave muito populares. Por terem um alto volume de pesquisa dentro dos buscadores, acabam por serem muito concorridas.

Pense em palavras-chaves de cauda longa, aquelas mais específicas como por exemplo “tênis azul escuro” ou invés de apenas “tênis”. Como não são tão concorridas, apresentam um volume menor de tráfego, e acabam por alcançar públicos mais específicos.

 

2 – Produza conteúdos que entreguem valor

Sites que possuem bons conteúdos, mantém os usuários por mais tempo na leitura e navegando entre as páginas. Isso demonstra ao Google a relevância dos artigos, melhorando o ranqueamento daquelas páginas.

O Google, com seu algoritmo, quer oferecer aos usuários informações importantes, com experiências completas e rápidas que tragam valor e solucionem a demanda pela qual procuram ajuda.

Então invista na produção de conteúdo, esclareça as dúvidas e leve conhecimento ao seu público alvo sobre assuntos pertinentes ao seu produto, serviço e segmento.

Mas, além do valor a ser entregue, é importante ter o cuidado de estruturar o conteúdo de forma que tenha fluidez para a leitura do visitante.

Artigos com parágrafos curtos, com elementos visuais inseridos e uso de headings (títulos e subtítulos), apresentam um texto mais escaneável ao leitor e de fácil visualização.

 



3 -Links internos

O link interno é outro recurso que favorece o SEO, já que faz com que o usuário permaneça por mais tempo dentro do site, criando um fluxo de tráfego, e navegando por outros artigos.

Além disso, possibilita que a navegação seja monitorada, analisando o comportamento do visitante, e visualizando novas possíveis oportunidades de negócio.

 

4 – Otimize as imagens

Hoje, facilmente, usuários fazem pesquisa visual com uma imagem, em buscadores como o Google Lens e o Pinterest Lens, e a partir disso procuram por produtos específicos e realizam compras.

Com essa possibilidade de empresas serem encontradas virtualmente por meio de imagens, é essencial (também) atenção quanto a otimização das figuras para SEO. Inserir o alt text nas figuras é necessário nesse processo.

O alt text é uma breve descrição da imagem, utilizando a palavra-chave do artigo. Será por essa descrição que o algoritmo do Google entenderá do que se trata a figura, e a mostrará nas pesquisas pertinentes ao assunto.

Junto a técnica de otimização da imagem para SEO, o Google permite rankear a página e otimizar o seu posicionamento.

E para ter uma maior eficiência na otimização, insira imagens leves nos conteúdos, mantendo o carregamento da página de forma rápida sem prejudicar a navegação do usuário.

 




5 – Faça meta-descrição atrativa


A meta-descrição é aquele pequeno resumo, que aparece logo abaixo da URL e do título, referente a página indexada no Google.


É importante construir uma meta-descrição sucinta, mas que contenha a palavra-chave e desperte o interesse do usuário para clicar e acessar o link sobre o artigo.

A ausência da meta-descrição, com base na palavra-chave, faz com que o Google inclua automaticamente uma frase aleatória do artigo, por muitas vezes, sem sentido para o usuário e não estimulando o interesse para acessar o link.

E você, achou interessante o assunto? Com o marketing digital, o seu empreendimento pode ser desenvolvido virtualmente em diferentes estratégias e ferramentas.

Na Tanda Interativa, sua empresa encontra o suporte nessa jornada.

Há mais de 16 anos no mercado, a Tanda tem equipe especializada no desenvolvimento e otimização de sites e conteúdos para SEO.

Você gostaria de bater um papo com a gente, e conhecer nossos serviços? Nos chame no WhatsApp ou nos envie uma mensagem.


Você pode se interressar por

Panox entra no mercado de cara nova e site novoTanda Interativa
O QUE É PLR NO MARKETING DIGITAL?Tanda Interativa
Mês de OuroTanda Interativa
whatsapp
Ligue para Tanda Interativa
Entre em contato
Voltar ao Topo

ESSE SITE USA COOKIES
Nós armazenamos dados de acesso temporariamente para melhorar a sua experiência de navegação. Ao navegar por nosso site, concorda com nossa Política de Privacidade .